fbpx

Carregando...

Como funciona o rodízio de carros em São Paulo?

Rodizio-de-carros.jpg

O rodízio de carros surgiu, inicialmente, como uma forma de diminuir a poluição no meio ambiente. Mas em uma megalópole como São Paulo, ele também é uma medida para controlar o trânsito. Basicamente, o rodízio de carros é uma regulamentação municipal que visa diminuir a circulação de veículos durante os horários de pico. Dessa maneira, de segunda a sexta-feira, os condutores são proibidos de circular de acordo com o final de sua placa. 

O que é rodízio de carros?

O rodízio de carros está estabelecido na capital paulista há mais de 20 anos. A implementação desse programa foi imposto no mês de outubro de 1997, quando o volume de veículos na região estava em torno dos 4 milhões. Mas com o constante aumento das filas e congestionamento nas principais vias do estado de São Paulo, uma das iniciativas para diminuir essa circulação durante os horários de pico foi a do rodízio de carros. 

E, mesmo que o objetivo inicial fosse a diminuição da poluição no ar, essa medida também foi estabelecida para diminuir o trânsito caótico da região paulista. 

Como funciona o rodízio de carros?

O rodízio municipal é uma prática adotada para restringir a circulação dos automóveis durante os horários de pico nos dias da semana. E, além de diminuir a poluição do ar, essa é uma medida que também diminui o congestionamento nas principais vias públicas de São Paulo.

Durante o rodízio de carros e caminhões no estado de São Paulo, a restrição dos veículos acontece por meio do dia e final do emplacamento. Sendo assim, durante o dia da semana, o veículo que termina com os seguinte números não podem circular na zona determinada:

  • Segunda-feira: Emplacamento com final 1 ou 2;
  • Terça-feira: Emplacamento com final 3 ou 4;
  • Quarta-feira: Emplacamento com final 5 ou 6;
  • Quinta-feira: Emplacamento com final 7 ou 8;
  • Sexta-feira: Emplacamento com final 9 ou 0.

Vale ressaltar que não existe restrição de circulação nas zonas determinadas nos fins de semana, além dos feriados e férias. Alguns condutores também são livres de seguir essa regra, incluindo: táxis, transporte escolar, veículos de pessoas com deficiência, alguns caminhões e outros.

Existem mudanças no rodízio de veículos durante a quarentena?

Segundo a secretaria municipal de mobilidade, o rodízio de carros passou por algumas alterações, as quais devem se estender durante toda a fase emergencial da quarentena. Por esse motivo, os condutores devem seguir um novo horário de circulação, sendo ele: das 20h às 5h, de segunda a sexta-feira. Já nos horários em que ocorria o rodízio tradicional, houve uma suspensão até segunda ordem, ou seja, das 7h às 10h e das 17h às 20h, os veículos podem circular livremente nas zonas determinadas. 

Os novos horários foram determinados para que mais pessoas possam circular nas vias públicas de São Paulo, evitando o risco de contágio pelo novo coronavírus. Pois, dessa maneira, eles não dependem exclusivamente do transporte público. Essa nova medida de circulação tem como objetivo evitar que exista a circulação de pessoas durante o período noturno, diminuindo a lotação nos ambientes públicos, principalmente nos horários de pico. Vale ressaltar que a qualquer momento novos horários podem ser estabelecidos.

Quais são as áreas de restrição?

Durante os dias de rodízio, os carros com o final do emplacamento em questão são proibidos de circular nas seguintes zonas: 

  • Tietê e Pinheiros;
  • Avenidas Bandeirantes e Afonso D’Escragnolle Taunay;
  • Avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias;
  • Viaduto da Grande São Paulo;
  • entre outras.

Caso seja flagrado circulando nos dias de rodízio com o seu veículo, uma multa de natureza média será gerada. O resultado disso será o pagamento de R $130,16, além de 4 pontos na CNH. 

Alternativas para circular nas vias de São Paulo durante o período de rodízio de carros

Para os proprietários de veículos, a medida de rodízio pode ser frustrante, principalmente quando é necessário utilizar o meio de transporte. Uma das principais estratégias é usar o seu veículo em horários alternativos, ou seja, sair de casa mais cedo do que o comum. Mas existem algumas alternativas para se locomover que são bastante interessantes, são elas:

Alugue um veículo

Uma das alternativas encontradas pelos condutores de São Paulo é a locação de veículos entre as pessoas. Inclusive, existem plataformas destinadas para esse uso, como a moObie, onde é possível encontrar veículos para alugar durante curtos períodos de tempo. Caso você tenha um veículo, considere alugá-lo durante os períodos que você não precisa utilizar. Essa é uma ótima maneira de conhecer como esse serviço funciona e, ainda, ganhar dinheiro pela iniciativa. 

Peça carona

É muito comum que amigos ou familiares usem o mesmo trajeto que o seu. Portanto, durante o seu dia de rodízio, peça uma carona para eles como alternativa. E, mesmo que esse não seja o caso, também existem aplicativos que disponibilizam esse tipo de serviço. No aplicativo, é possível cadastrar o seu trajeto diário, além dos horários de ida e volta. Assim que você finalizar esse processo, o serviço mostra motoristas que percorrem o mesmo trajeto que o seu diariamente, facilitando o pedido de carona. 

Opte pela bicicleta

Caso o trajeto que pretende percorrer seja próximo ao local em que você mora, considere ir de bicicleta. Atualmente, está cada vez mais visível o número de pessoas que opta pela bicicleta para se locomover nas cidades. Portanto, essa é uma ótima alternativa para você, principalmente durante os dias de rodízio. A região de São Paulo conta com uma rede de ciclovias, além de ciclofaixas e ciclorrotas, as quais são estendidas até mais de 500 km. Ainda, escolher pela bicicleta é muito mais saudável, além de econômica e interessante. Sendo assim, nunca descarte a possibilidade de ir até o seu local de trabalho com uma bicicleta. 


Deixe aqui seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Contato



Rua Continental, 304 – Jardim do Mar
São Bernardo do Campo – SP
CEP: 09750-060


(11) 4366-8500

De Segunda à Sexta das 09h00 às 18h00

Sobre nós

Lumma Despachante, 23 anos na excelência em assessoria veicular, sendo reconhecida como uma das maiores empresas na categoria de despachantes.


Redes Sociais


Endereço