fbpx

Carregando...

Novo Código de Trânsito brasileiro, fique por dentro

lummadespachante-novo-codigo-transito-brasileiro.jpg

Novo código de trânsito brasileiro, você sabia que foi aprovada a Lei que traz mudanças no código de trânsito brasileiro?

Simultaneamente, nós da Lumma Despachante, estamos de olho nas mudanças que impactam o nosso mercado. Confira as mudanças aprovadas por Jair Bolsonaro.
As novas regras entrarão em vigor daqui seis meses. Até lá continua valendo as regras atuais.

 

Ao passo que, a mudança no novo código transito brasileiro, que chama mais atenção é o tempo de validade da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), que agora tem validade de 10 anos para os condutores com menos de 50 anos de idade. Isso é o dobro do prazo de validade atual. Já os motoristas com idade entre 50 e 70 anos terão a carteira com validade por 5 anos.

 

 

novo-codigo-transito-brasileiro

E a renovação como fica?
Quem tiver acima de 70 anos deverá renovar o documento a cada três anos.

Caso, durante o exame, for constatada alguma diminuição da capacidade física ou mental, o prazo para a CNH ser renovada pode ser reduzido.

Nesse meio tempo, outro ponto muito importante está relacionado às infrações, atualmente a CNH é suspensa caso o condutor cometa infrações que totalizem 20 pontos.

Esse número sobe para 40, no caso de motoristas profissionais, independente do tipo de infração cometida.

Quem não trabalha como motorista terá a CNH suspensa caso cometa infrações gravíssimas no período de 12 meses, ou seja, o que gerará a suspensão da CNH não será apenas a pontuação, mas a gravidade da infração cometida.

Ficará assim:

  • 40 pontos: para quem não tiver infração gravíssima

  • 30 pontos: para quem tiver uma infração gravíssima

  • 20 pontos: para quem tiver duas ou mais infrações gravíssimas

 

Imediatamente, voltando para o universo de quem trabalha como condutor, apenas quem tiver menos de 70 anos precisará fazer o exame toxicológico dois anos e meio depois da renovação da CNH.

Para quem estiver tirando a habilitação C, D e E, o exame deverá ser realizado, como é atualmente, a cada dois anos e meio.

Nesse ínterim, a ideia do governo era acabar com esta obrigatoriedade, mas, a proposta foi vetada. Essa regra foi aprovada em 2015 e reduziu de 34% para 14% o número de motoristas que usavam algum tipo de drogas durante o exercício da profissão, segundo levantamentos da Polícia Rodoviária Federal.

 

 

E as multas, como ficam no novo código transito brasileiro?

A principal mudança está relacionada as multas consideradas leves e médias, elas não gerarão mais cobranças, apenas advertências, para isto, o motorista não pode ser reincidente no período de 12 meses, conheça como a Lumma Despachante pode ajudar sua empresa na gestão de multas.

 

 

Cadastro Positivo, o que é isto?

É um banco de dados que reunirá informações de todos os condutores que não cometeram infrações de trânsito no período de 12 meses. Estes condutores no novo código transito brasileiro, serão beneficiados com isenção fiscal ou de tarifas.

Entretanto, só entrará no Cadastro Positivo quem fizer um requerimento prévio, por isto é importante ter uma gestão de frotas eficaz.

 

 

E como será o licenciamento do veículo?

Ao passo que os veículos que por algum motivo não atendeu e realizou as campanhas de recall não serão licenciados. Fique de olho.

 

 

novo-codigo-transito-brasileiro

Multas por notificação Eletrônica

Os condutores serão avisados por meio eletrônico sobre a multa cometida.

O objetivo é que o condutor seja comunicado com mais rapidez e possa realizar o pagamento no prazo, recebendo 40% de desconto no valor da infração cometida e por uma melhor gestão de frotas.

Ou seja, por acaso não foi o condutor que cometeu a infração, ele pode recorrer? Segundo o que foi proposto pela nova lei do novo código trânsito brasileiro, o sistema permitirá que o condutor realize defesa e recurso.

 

 

novo-codigo-transito-brasileiro

Faróis, apagados ou não?

Ligue os seus faróis, mesmo durante o dia, apenas em rodovias de pista simples, ou seja, compartilhada por veículos em sentido oposto na mesma pista, e fora do perímetro urbano. Dentro das cidades, os faróis podem estar desligados. Antes, a multa para quem trafegasse com farol desligado dentro das cidades era de R$ 130,00 e aplicado 4 pontos na CNH.

Como mencionado anteriormente, são várias mudanças no novo código transito brasileiro realizadas, algumas delas impactam em questões financeiras e na gestão documental.

Estamos sempre acompanhando o mercado como um todo, olhando as mudanças nas leis, desenvolvendo maneiras mais eficientes para acompanhar as mudanças e para que a sua empresa esteja sempre antenada.

E aumentando seus resultados financeiros, na satisfação dos seus clientes, ou seja, todos os pontos que garantem uma atuação mais rentável para a sua empresa.

 

 

Solução na medida certa!

No mercado há 22 anos, temos experiência e uma visão 360 atuando no mercado de gestão documental, gerenciamento de frotas e gestão de multas, sabemos o q envolvem os empresários do setor de transporte de cargas e garantir mais qualidade na sua atuação profissional e tempo produtivo são alguns dos nossos objetivos.

 

Se você gostou desse artigo sobre o novo código transito brasileiro, e quer continuar acompanhando tudo sobre a gestão de frotas, nos siga nas redes sociais através do LinkedIn!


Deixe aqui seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Contato



Rua Continental, 304 – Jardim do Mar
São Bernardo do Campo – SP
CEP: 09750-060


(11) 4366-8500

De Segunda à Sexta das 8h30 às 18h30

Sobre nós

Lumma Despachante, 20 anos na excelência em assessoria veicular, sendo reconhecida como uma das maiores empresas na categoria de despachantes.


Redes Sociais


Endereço